E você acha que política é coisa séria

O livro “Os meninos da Rua Albatroz” abre, em seu prefácio. um panorama que apresenta o contexto da política brasileira logo após as eleições de 2014. Os capítulos que se seguem tentam mostrar, através de um conto que leva em conta textos jornalísticos, experiências de vida, teorias conspiratórias e ficção, como foi a preparação ideológica da sociedade brasileira que formou o eleitor brasileiro dos dias atuais. Houve quem se deixou levar pelas acepções esquerdistas e quem se deixou levar pelas direitistas. Também foram formados, pelo mesmo processo e pelos mesmos manipuladores, os que ficam em cima do muro e os que se dizem desinteressados da política. Com esse resumo podemos dizer que o livro é bem politizado e cabe aqui na nossa página de complementos do livro tecer textos que remetem à atual crise política que sofre o país.

“O homem que não lê bons livros não tem vantagem nenhuma sobre o homem que não sabe ler”
(Mark Twain)

Estamos em um país que sofre com a mediocracia. No livro mencionado é explicado o surgimento e o crescimento desse governo da mídia, pelo qual os fatos a serem creditados e as decisões a serem tomadas para o social passam primeiro pela informação duvidosa e tendenciosa expelida sob demanda pelos veículos de comunicação. Sendo que o pior problema que passa o Brasil não é a crise política, mas, sim, a influência da mídia sobre a opinião pública.

A partir desta postagem nesta seção deste site, será postado, como medida de contragolpe, textos que manifestam opinião que colocam em xeque o que é propagado pela mídia. Aproveite para conhecer opiniões fora do subsídio, muitas delas tecidas por outros escritores, por jornalistas livres e por pessoas que gostariam de expressar-se e encontram dificuldades de ter a opinião visualizada, devido a forte censura encripada praticada pelos grupos hegemônicos que determinam a opinião a ser aceita e controlam a mídia que tem visibilidade para garantir o caminho livre para a corrupção. Não que este espaço seja deveras visualizado, mas, de grão em grão a galinha enche o papo e se aliando aos espaços dos demais contestadores do poder midiático se cria uma reação e se tenta levar a informação contestadora ao maior número de pessoas possível. A união faz a força.

“Sei que sou uma gota d’água, mas, sem ela o oceano seria menor”
(Madre Teresa de Calcutá)

Leia esses posts para criar sua independência de opinião e sair das matrix que a mídia exerce sobre você. O que é o propósito do livro “Os meninos da Rua Albatroz”.

Num momento em que se brada contra a corrupção, corrupção maior — manipulação da opinião pública — pratica os veículos de comunicação que mobilizam as massas a criar ódio contra um único grupo, protegendo vergonhosamente outros, e a manifestar repúdio quanto a uma situação que pode não ser verdadeira, cujo desfecho pode levar a severas perdas para a população e para o país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: