A corrupção em programas televisivos

Dando sequência à nossa série que pretende mostrar as tantas formas de corrupção a que estamos submetidos todos os dias, praticadas até por gente que se diz moralmente perfeita, analisa, brada e instrui pessoas a se mobilizar contra a corrupção, vou apresentar uma das tantas jogadas de marketing para angariar arrecadação de dinheiro via programas interativos de televisão.

Em um canal de televisão no UHF, a emissora exibia no horário da tarde de domingo um show interativo que prometia dar um prêmio de R$37.000,00 para a audiência que participasse do programa, por telefone, dando a palavra correta formada pelas letras que na tela apareciam embaralhadas.

Havia uma dica dada pelo apresentador, que não parava de falar enquanto o telefone não tocasse. No momento que relato aqui, a pista era “tem na padaria” e as letras embaralhadas mostravam EMPADÃOFOR. Em ordem, PÃO DE FORMA, embora muitos dos que iam ao ar respondesse empadão, recebendo dos apresentadores, então, a repreensão de que era necessário utilizar todas as letras.

Para entrar no ar, após ligar para o número de telefone exposto na tela, pagando por minuto uma quantia em centavos — ou até mesmo em real, pois as letras explicando na tela o valor eram ilegíveis —, o interessado teria que responder uma série de questões, que aconteciam em off, e aqueles que teriam dado certa quantidade de respostas corretas seriam dirigidos para tentar no ar responder o enigma e ganhar o prêmio.

E entre muita conversação, a impressão que dava era que ninguém ligava ou que não passava pelas questões que elegiam a ida da ligação para o ar. E que a produção do programa, para incentivar as ligações a aparecerem, colocava no ar participantes falsos, já fadados a errar absurdamente o enigma, estimulando com isso quem estivesse a assistir o show de prêmios a arriscar ligar e tentar uma participação.

Minha suspeita maior é que as pessoas ficavam presas na ligação. Aguardando para responder o questionário ou até mesmo gastando tempo a respondê-lo. Pagando com o tempo da ligação a sua elegibilidade para tentar a sorte.

Provavelmente, pensei, a produção do programa contabilizava o que já havia sido arrecadado para só assim deixar passar algum participante real, que se desse a resposta certa e faturasse o prêmio prometido não se acarretaria prejuízo, pois, o valor acumulado com as ligações do dia pagaria o prêmio, os custos da produção e daria o lucro esperado com o negócio.

Essa é, na minha opinião, a fórmula para arrecadar dinheiro que a maioria dos programas desse tipo usa. A medida que essa série fluir, novos truques do tópico corrupção pela televisão serão desvendados.

Observação: informação dada por meio de intuição. Deve ser considerada como uma possibilidade de ser a estratégia do negócio e não a aplicada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: