Não podemos provar, mas temos convicção

teor25c325ada-conspiratoria-el-proyecto-blue-beam

A mídia brasileira está demonstrando cada vez mais que lhe chegou a hora de jogar a toalha. Nada mais do que é noticiado para tampar golpes e corrupção, melhorar a imagem de corruptos ou de gente imprestável, vender produtos que ninguém compra porque não servem para nada, sai do jeito que tem que sair e deixa seu cliente satisfeito.

Aí, precisando ganhar a atenção do povão que ela precisa afetar, o que a mídia faz? Apela para a desmistificação de algumas teorias conspiratórias. Assuntos que em se pesquisando internet a fora se sabe que são muito cultuados e estão presentes nas discussões da maioria dos frequentadores da web, onde começam antes de ir parar em botecos, em bancos de praça, em transportes públicos. Aonde o povo passa esses assuntos estão presentes, discutidos e repetidos à exaustão e doidos para encontrar uma revelação ponto final.

E a mídia desmistifica é confirmando as desconfianças. Não se contém em colocar novas probabilidades para a massa se confundir mais ainda e se divertir com isso. Tá certo que esse comportamento está entre os que não se aplica mais ao grosso da massa. O grosso da massa está vacinado contra estratégias de desvio de atenção e prefere insistir nas hipóteses clássicas de cada teoria conspiratória. Talvez seja por isso que a mídia formada por empresas tidas como oficiais para noticiar dá logo o que o povo quer ver, ler ou ouvir e tenta botar um fim no desespero dele por respostas. Senão, veículos extraoficiais e amadores ganham a concorrência na disputa pela informação.

Aquilo que todo mundo já tinha, a convicção de que há vida extraterrestre, a Nasa agora também tem. Esta é uma das teorias que alguns veículos de comunicação andam explorando. Uma das mais debatidas e cult no meio que adora uma TC. E já até jogam na rede o ano em que faremos contato: 2025. Conforme alegam alguns sites ter a Nasa calculado para finalmente dar a confirmação de que não estamos sozinhos.

11-de-setembro

A outra teoria em evidência, badalada e cult também, reza que o 11 de Setembro famoso ocorrido nos Estados Unidos não passou de uma operação de falsa bandeira preparada pela CIA para colocar a humanidade dando aval para os Estados Unidos definir responsáveis pelos atentados e ir atrás deles gastando o dinheiro que for, cometendo atrocidades, violando direitos humanos e se apropriando de territórios e riquezas dos supostos inimigos sem haver uma guerra propriamente dita.

A mídia anda jogando holofote em um ex-piloto da CIA que defende que o que ocorreu naquele 11 de Setembro de 2001 foram implosões de prédios – o que não é novidade para nem mesmo o mais absorvido pelas empresas de comunicação simpáticas ao golpe e que têm a obrigação de negar qualquer coisa que mencione que não houve ataque terrorista árabe, para continuar a encobrir o golpe – e que foram usados hologramas para fazer as pessoas verem aviões onde não havia e conforme essa versão não haveria meios de haver. Seria no caso um cross de teorias conspiratórias, pois, hologramas com alto grau de realismo pertencem à teoria conspiratória que menciona o Projeto Blue Beam. Sim, aquele que pretende colocar Jesus Cristo voltando das alturas, em cima de uma nuvem, para todo  o mundo ver.

Mas, qual o motivo de colocarem pilha nesses assuntos? Fácil demais responder: desviar a atenção das pessoas da política, principalmente no sentido de abafar os protestos contra o Governo Temer, fazer esquecer as indiciações de tucanos em esquemas de corrupção e a respectiva providência a ser tomada pelo STF, que só quer saber de julgar petistas, e jogar água na popularidade do ex-presidente Lula da Silva para ele não ganhar a presidência em 2018. Nesta pelo menos eles já perderam. Aliás, na tentativa de por o homem na cadeia para minar sua candidatura (leia o post anterior) já até plagiaram a Nasa: “não podemos provar, mas temos convicção“.

As principais teorias sobre conspirações que tomam conta dos assuntos daqueles que gostam de discuti-las são bem argumentadas no livro “Os meninos da Rua Albatroz“. Você entra em contato com hipóteses bem mais interessantes do que essas que a mídia anda jogando para cegar a opinião pública e fazer uso dessa cegueira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: