O petróleo pode até não ser nosso, mas a água é

direitoaagua

IMAGEM: Esquerda.net. Clique para conhecer esta campanha: link!

Na semana que passou, nós brasileiros e terráqueos fomos assustados com duas notícias veiculadas por esses sites sensacionalistas que gostaríamos de nos consolar acreditando estarem noticiando a mais pura mentira, mas que infelizmente o que eles noticiam tem sempre um fundo de verdade.

A primeira dizia que enquanto os noticiários davam conta, exaustivamente, da eleição histórica à presidência dos Estados Unidos e o brasileiro espontaneamente se cegava com o histórico Brasil X Argentina jogado no Mineirão, no Congresso Nacional os vendilhões políticos brasileiros, vulgo deputados sem escrúpulos, votavam a entrega do Pré-Sal para os gringos. O grande sonho dos norte-americanos de nos tomar a Petrobrás e o petróleo está prestes a ser concluído.

A segunda fala sobre a água não só do Brasil, mas do mundo. Conforme o site Pensador Anônimo, o atual presidente da Nestlé, o austríaco Peter Brabeck-Letmathe, teria declarado que a água não é um direito humano e que deveria ser privatizada, até para que seja preservada. Ele sustenta – reproduzindo um trecho da reportagem do site – que os governos devem garantir que cada pessoa disponha de 5 litros de água diária para beber e outros 25 litros para sua higiene pessoal, mas que o resto do consumo teria que ser gerido segundo critérios empresariais.

A Nestlé é conhecida por sua ganância e vontade de controlar o mundo, partindo do meio alimentício. Seu presidente se faz de preocupado com a situação da água no mundo só para angariar os frágeis ativistas ambientais de frente de TV ou de tela de notebook. Muito se sabe que seus produtos, além de não serem nutritivos, como promete a empresa, são nocivos à saúde. Servem de suporte à indústria médico-hospitalar-farmacêutica levando para ela doentes, principalmente diabéticos, cancerosos e portadores de Alzheimer. É claro que nada disso é divulgado como oficial para não estragar as permissões para veicular os venenos da empresa. Na verdade o que corre o risco de ser estragado é a aceitação do público.

Os donos da Nestlé fazem parte de uma das famílias que governam o planeta e que têm poder para tapar tudo, patentear tudo e fazer circular tudo, ainda que causador de problemas de saúde para o consumidor. É na declaração sobre a água que propaga esse pessoal que vamos confiar e dar aval para ele nos tornar dependentes da empresa dele, cujo faturamento tem 8% respondido pela água engarrafada e ele quer fazer aumentar isso?

Os produtos da Nestlé, mesmo os desidratados, levam água em suas constituições e nos processos de industrialização deles muita água é desperdiçada. Como um sujeito desses pode estar preocupado com o perdularismo que supostamente pratica o indivíduo comum por achar que tem direito a água e que ela é gratuíta?

Eu sei é que aqui no Brasil podem até privatizar a água, mas, diferentemente do petróleo, o povo vai anarquizar e não vai deixar barato. Será um festival de pessoas pondo a boca para cima para engolir o que cair da chuva enquanto enche tambores, cavando cisternas, enfiando e tirando latas nos rios. Vai ser até melhor porque aí se pega água pura, sem o veneno do flúor e do cloro que as companhias de saneamento injetam em seus mananciais e distribuem para nossas torneiras. É só ferver e por no filtro de barro a que for usar para beber e pronto: tá limpo!

Eu já faço parte desses procedimentos só pelo simples fato de boicotar a água fluoretada. Assim como boicoto, há muitos anos, os produtos da Nestlé. Se depender de mim, por falta de consumidor para seus produtos inúteis, esse tal presidente da companhia não vai conseguir o que quer. #ForaNestlé #BoicoteANestlé

O livro “Os meninos da Rua Albatroz” faz reflexão sobre a água fluoretada e duras críticas à Nestlé em alguns capítulos. Leia-o e aprenda a se defender de golpes como o informado nesta postagem.

O texto expressa a minha opinião!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: