À base de exaustão do trabalhador, com vocês a Reforma Previdenciária

busquecarteoratrabalho

O Governo segue firme na sua campanha para aprovar sua reforma previdenciária que só corrompe e rouba o trabalhador. Põe ele para aderir as premissas fraudulentas do Governo, que rezam modernizar o sistema trabalhista brasileiro e com isso aumentar a empregabilidade, e para pagar as contas do sistema econômico do país.

Até aqui nós já vimos: Aprovações, com teor clandestino, de leis ou emendas constitucionais que favorecem os planos da elite governante, feitas por quem não sofrerá com o emprego dessas aprovações e por quem nunca participou da classe trabalhadora do Brasil e por isso não pode saber o que exige que o trabalhador aceite; Campanhas midiáticas para criar, junto à audiência projetada, a impressão de que o brasileiro está mais do que pronto para aposentar depois dos 70 anos ou para trabalhar doze horas por dia ou para abandonar programas sociais como o 13º salário ou férias de 30 dias. Os veículos de comunicação do PIG – Partido da Imprensa Golpista -, que são liderados pela TV Globo, é que são os principais aliados do Governo nessas campanhas de sabotagem da opinião pública. Não é de se esperar outra coisa da imprensa comercial e de midiáticos que adoram oportunidades para por em prática sua vaidade em campanhas para projetos que maculam o povão.

Mas, tem algo que é apenas sensível e mesmo quem o sente não sabe que se trata de manobra para garantir o sucesso do empreendimento do Governo e dos que estão por trás do próprio. Tenho visto e ouvido, e também enfrentado diretamente as situações, muita gente reclamar de agora alguns afazeres burocráticos obrigatórios para quem quer trabalhar formalmente ou receber os benefícios gerados pelo trabalho formal de acordo com as leis vigentes terem de ser solicitados pela internet ou por um número de telefone precedido por 0800.

Se você quiser solicitar o Cartão Cidadão ou Extrato Analítico do FGTS você tem que ligar ou acessar o site da instituição financeira que cuida desses benefícios. Se você quiser tirar carteira de trabalho é preciso agendar pelo site do Ministério do Trabalho. E outras coisas do tipo. Tudo tem que ser feito por meio impessoal e imprevisível de se conseguir atendimento, além da possibilidade de ser o mecanismo sabotado para não funcionar e gerar, com isso, ligação para um famigerado call center e as empresas envolvidas terem a permissão para dizer que se trata de erro sistêmico e que a ocorrência deles junto com a contingência para o atendimento terem prevista  a solidariedade do Sistema para o golpe de estelionato junto ao cidadão que fica sem o seu atendimento e ainda coleta vários desaforos e prejuízos.

O absurdo maior ocorre com a Carteira de Trabalho. É preciso agendar a emissão de uma. Antes havia até as tais das Acão Global na porta da sua casa. Se tirava o documento até brincando em pula-pula, cortando o cabelo, comendo pipoca da mão de um cara com a cara pintada de palhaço! E se qualquer um de nós entrar no site do MT ou do SINE agora para tentar agendar se deparará com a informação de que não há data disponível para o agendamento. Se você for num posto do SINE ou no de outro serviço autorizado a recolher solicitações de emissão de documentos funcionais públicos, vão te dar um papelzinho com um 0800 ou um www e te dizer que só pode ser feito por ali. Nem vão querer saber se você tem celular ou telefone fixo, se você tem computador ou uma conexão de internet. Aliás, aparentemente são coisas que querem te obrigar a ter e saber usar. E ter paciência de usar.

No SINE vi certa vez um descamisado em busca de tirar sua primeira Carteira de Trabalho, embora já de idade avançada. Duvido que aquele sujeito tivesse celular, com acesso à internet ainda por cima, ou sequer soubesse utilizar ambos. Na certa, a coisa apertou para quem trabalha como operário no meio informal e ele precisasse tanto tirar o documento. Mais até do que ter celular ou conexão à internet. A mulher foi impaciente com ele, disse que ele só conseguia dar entrada na emissão pelo site, depois é que ele iria buscar no SINE a carteira. E o cara, aqueles caipiras, repetia o que ela falava como quem não soubesse sobre o que se está falando, mas, envergonhado, não quisesse deixar transparecer isso. Além de tudo, o humanitarismo vai pro ralo junto com a modernização da sociedade.

Esse desgaste do trabalhador tem toda cara de estarem a tentar fazer da dificuldade para se conseguir passar pela burocracia um parceiro para obrigar as pessoas a desistirem de emitir Carteira de Trabalho ou Cartão Cidadão, fazer saque de PIS ou de FGTS, mover ação contra empresas. Não é só obrigar o desempregado ou quem busca o primeiro emprego a se comportar como se comporta quem já está empregado. Daqui a alguns meses toda a população vai exigir o modelo trabalhista que o Governo propõe, simplesmente para se livrar da burocracia que é lidar com a burocracia. Para que ter direito a um documento se não se conseguirá aposentar ou responsabilizar empresas por abusos contra o trabalhador e consequentemente à CLT ou outro instrumento pró-trabalhador que tem a legislação trabalhista? Para que ter direito a uma grana, como o PIS ou o FGTS, que não se conseguirá sacar? Não se conseguirá mais exigir do empregador, todos terão as costas aquecidas pelas medidas do Governo para o trabalho.

A CNH – Carteira Nacional de Habilitação – não sofre nenhum combate desse tipo. Pelo contrário: recebe fermento para motivar as pessoas à procurar a obtenção. Será que é porque até o porte dela gera-se muita grana, incluindo propina para autoescolas e examinadores, como muito se ouve falar e qualquer um de nós é capaz de citar caso da experiência própria? Vão desestimular o povo a obter CNH nunca!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: