Acreditas mesmo que a conspiração que quer te vacinar está afim de te ver livre de doenças?

DIABETES, CÂNCER, DOENÇAS QUE TÊM CURA E NÃO PRECISAM DE VACINAS
 
Parece que a Organização Mundial de Saúde (OMS), sob o comando da Nova Ordem Mundial, quer que quer vacinar a humanidade. Nos últimos meses se ouviu falar de vacina para o câncer, para a dengue, para caxumba, menigite, gripe suína, febre amarela.
 
E sempre após as campanhas de vacinação: notícias sobre efeitos colaterais com muito custo chegam a uma parcela da sociedade.
 
É gente reclamando de sintomas de outras doenças, infertilização e até morte. É claro que as notícias negativas envolvendo as vacinas não circulam tão facilmente quanto as que as estimulam. O poder deu ordens para que essas notícias não sejam conhecidas e muito menos acreditadas pela população. Senão falha o plano diabólico de carregar para dentro do organismo das pessoas substâncias encarregadas de cumprir algum objetivo que dificilmente a humanidade se sujeitaria a ele.
 
A bola da vez, já que as pessoas estão ficando cada vez mais resistentes às campanhas de qualquer tipo que parte dos governos, principalmente na área da Saúde, e as vacinas anteriores não tiveram grande aceitação, é a vacina contra o diabetes. Quantos no mundo possuem diabetes e gostariam de ver solucionada a cura para essa doença tida como incurável e impossível de ninguém a desenvolver? De repente, aparece uma vacina, todo mundo irá dar crédito. E aí, se os conspiracionistas estiverem certos quanto à integridade das campanhas de vacinação, ou seja, se os poderosos do mundo não estão realmente preocupadíssimos com a saúde do gado, finalmente a tacada terá sido certa. Terá abrido a guarda do povo e decido o supapo. Acertaram na doença que o povo queria ver prometerem vacina!
 
Entretanto, da mesma forma que as notícias sobre efeitos colaterais de vacinas são inibidas, as sobre a cura do diabetes por meio natural também são. E quem discursa sobre essa cura são doutores renomados. Anjos rebeldes que decidiram não contribuir mais, em troca de fama, fortuna e vida segura, para o esquema que corrompe a saúde humana e manipula a mídia para esconder isso e com essa corrupção sustenta os negócios que vivem do adoecimento humano.
 

Nos anos 1990 foi mencionado existir uma vacina contra a cárie, inventada na Alemanha. Se esta fosse divulgada, acabaria as idas ao dentista em todo mundo. E uma parte do complexo médico estaria fadada a mudar de ramo por falta de cariados a buscar tratamento odontológico e a precisar dos medicamentos do ramo. Hoje, o câncer, o diabetes e o Alzheimer e outras doenças degenerativas sustentam os negócios desse complexo formado por empresas e profissionais liberais. Interessarão realmente em oferecer uma vacina que finalizasse com seus ganhos? Que nada! Farão como fizeram com a da cárie.

Por outro lado, por que se arriscariam em divulgar uma vacina que não surtisse o efeito prometido? O povo rebelaria e a desconfiança em cima dos produtos da indústria médica aumentaria de um jeito que comprometeria os negócios independente de estarem a implantar uma campanha de vacinação. Boicotariam tudo, em qualquer momento, e dariam atenção para os opositores da indústria médica. Principalmente os homeopatas.

Seria apenas mais do mesmo. Inventariam de falar que a imunidade acontece para aqueles que ainda não manifestam a doença, sendo que os que já manifestam apresentariam melhoras significativas, por isso valeria a pena vacinar-se. E no futuro, quando o engodo fosse notado, a velha desculpa de que a doença evoluiu e neutralizou a vacina seria colocada novamente em campo. Enquanto o povo procurar por alívios imediatos em vez de exigir medidas profiláticas será assim.

E o que discursam os renomados doutores do bem, que são combatidos pela elite conspiradora por trás da mídia, é exatamente isto: medidas profiláticas. As doenças listadas no post são reflexos da vida moderna. Conforme eles, o corpo humano é constantemente acidificado por causa do que consumimos em termos de alimentos e de remédios, pela água fluoretada que bebemos sob a falsa alegação de estarmos a fortalecer os dentes e pelos nossos costumes, que mexem muito com as nossas emoções e muitos deles nos estressam. Somado à vida sedentária e corrida que levamos e à alta exposição às emanações eletromagnéticas, como o excesso de radiofrequência que emitimos com, por exemplo, os nossos celulares. Se deixarmos tudo isso de lado, derrubaremos qualquer doença, pois estaremos nos setando ao nosso estado original, sintonizado com a natureza, e gozaremos de intenso estado de saúde.

Contra qualquer doença, a melhor vacina é o conhecimento!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: