A dificuldade de se informar no Brasil

Vi hoje um veiculo de comunicação veicular uma mensagem que dizia que conforme uma pesquisa, o número de pessoas com mais de 65 anos empregadas cresceu 30%. O veículo é bancado pelo governo ou pelos grupos empresariais que apoiam o governo por ele defender seus interesses, então, duvidei da informação.

Julguei se tratar do velho truque de fazer as pessoas pensarem conforme uma receita de bolo para, por fim, darem sua adesão para a aprovação das pseudo-reformas trabalhista e previdenciária que o governo ilegítimo quer empurrar no povo para ele pagar as dívidas que os congressistas em benefício próprio contrairam para o brasileiro comum pagar, além de se ajoelhar e dar os punhos para serem algemados para condução até os postos de trabalho escravo dos masters do imperialismo global.

Sucedendo-se a trama, as pessoas desprecavidas submetidas à informação-golpe, amparando-se nos dados da falsa pesquisa, criticariam aqueles que atacam os reformistas com o argumento de que o trabalhador não consegue trabalhar nessa idade por se encontrar debilitado e por não encontrar oportunidades de trabalho.

Daí me lembrei dos velhinhos pulando de pára-quedas e comendo churrasco de carne gorda da reportagem-golpe do Fantástico, dos anciãos famosos que estão com o burro na sombra convocando os anciãos anônimos para continuar na ativa tal qual eles estariam e das campanhas publicitárias do Governo com intuito de convencer a população a aceitar sua proposta escravista para a Previdência, as quais levaram um bom dinheiro do defasado orçamento público, provavelmente enchendo de cobre entre outras as contas correntes dos veículos de comunicação golpistas. Os mesmos de sempre da imprensa escrita, falada e televisiva.

Pus-me a pensar: Como é difícil a gente se informar no Brasil. Os veículos de imprensa que aparecem são só os que trabalham para os que querem que uma opinião seja aceita. A informação que chega fácil para o mais simplório dos viventes locais vem deles. E esta é corrupta, duvidosa, mal-intencionada.

Se é com o uso de números circenses e estratégia de moldagem de opinião que querem fazer uma idéia ser aderida, então, só pode ser ruim o que querem que demos total liberdade pra gente no Congresso Nacional por em prática e tiranizar. Se fosse integra, não teriam a menor dificuldade para transmitir à população a informação. Bastaria falar abertamente sobre ela, sem obscuridade e sem maquiagem da mídia. Sem cenas pastelãs de velhinhos praticando esporte radical. Vai ver os velhos dos esquetes só toparam a façanha pra assegurar uma graninha já que estão prestes a perderem suas aposentadorias.

Então é isto: Se qualquer veículo de comunicação da grande mídia der uma informação, ainda que citando alguma pesquisa, acredite no contrario e tome atitudes contrárias. É o que eu faço! Agindo assim você está seguro. E o seguro, este sim, morreu de velhice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: