A condenação do trabalhador

Há algo muito difícil de engolir nesse processo de incriminação do Lula para ele perder o direito de concorrer à presidência da república em 2018. Se não há provas de que ele é dono do triplex do Guarujá e se o juíz Sérgio Moro determinou que ele não é o proprietário de direito, mas, é o de fato, comparada a apropriação à determinada pelo usucapião, então, qual o motivo da acusação de Lula ter usado sua condição de chefe de estado para adquirir o imóvel, se nessa forma de apropriação não há transferência legítima de bem?

Nunca vi alguém apossar de terras lhe dadas em troca de benefícios. Se foram lhe dadas, pra que apossar? Se assim fosse, a acusação de corrupção passiva se faria jus, caso o termo de comprometimento fosse troca de titularidade graças a um tráfico de influência. E até onde sei, no usucapião o sujeito tem que fincar na terra apropriada pelo menos oito anos para passar a ser dono dela. E não só dormir no triplex uma única noite. E sem poder vendê-la no futuro. Então, que merda de corrupção é essa que alguém se envolve em um negócio que nem a longo prazo, quando a condição de traficante de influências já tiver passado, vai lhe dar dinheiro?

Outra coisa difícil de engolir é o comportamento escrachado da mídia que trabalha para que o público aceite a condenação do Lula. Se tentam impedí-lo de concorrer nas próximas eleições, querendo o condenar até mesmo sem provas, é porque temem de ele ser eleito novamente. Correto? É um afronto à inteligência do eleitor querer forçá-lo a votar em outro que não incomode quem tenta definir a Política no Brasil.

É o mesmo que deixar claro que se está a dizer: “do jeito que você é burro, eleitor, vai acabar votando nesse cara de novo, então, vamos dar um jeito de ele não entrar na competição porque só assim é que você não vai votar nele“,”vou transformá-lo em ladrão, encher sua cabeça com mensagens negativas sobre ele, assim você se convence de que tudo que esse cara fez pelo país gerou uma conta enorme para pagar“. Conta essa, caso exista realmente, é o próprio povo – incluindo os pequenos e médios empresários – que vai pagar, pois, os salários e regalias dos políticos e dos juízes do STF, em meio à crise que eles próprios dizem haver, não param de subir, assim não sobra dinheiro pra União participar da conta.

O que mais me aborrece nesse teatro todo é o fato de quererem eliminar um nome pra gente votar, mas não colocam nenhum outro pra gente avaliar. Os que estão ficando livres para competir – Aécio, Alckmin, Dória, Bolsonaro, Luciano Huck (kkk) -, Deus me livre deles! Não voto nem a porrete nesses caras. Arriscaria no Roberto Requião e no Flávio Dino. Enquanto a mídia não seja paga para os destruir também.

Alguém já percebeu o quanto está difícil para o trabalhador ganhar causa na Justiça do Trabalho mesmo tendo todas as possibilidades de ganho? Vi em uma atermação na instituição um atermador desencorajar um sujeito que tentaria recorrer de abusos sofridos pelo empregador. Falou com o cara que o que ele pedia tinha que ser muito bem provado senão os juízes iam considerar a posição do empregador, pois, estavam comprometidos em evitar demissões e pagamentos de rescisões. O empregado que trabalhe insatisfeito e sofrendo prejuízo, foi o que ele quis dizer.

O homem sequer ouviu o reivindicante comentar sobre as provas que possuía. Já foi logo pegando uma interpretação da CLT por três autores e deu pra ele dar uma lidinha no que diz o Art. 483. De sete alíneas que o artigo tem, havia nela, escrita à lapis, mais uma, a qual continha tudo o que o empregador precisava para desviar-se de qualquer prova contra ele. Precisa desenhar para mostrar que corrupção da grossa está é aí? Cadê o caçador de corruptos lá do Paraná? É uma verdadeira sangria o que estão fazendo para favorecer a patronagem e dar sustentação ao trabalho escravo que acontece na maioria das grandes empresas.

O sujeito que esperava contar com o Ministério do Trabalho percebeu que este era também refém do sistema que protege as empresas. Tratou logo de procurar um contato de advogado particular lá fora e em vez de contar com servidores públicos que mamam nas tetas do trabalhador para existirem seus cargos, contar com um trabalhador que urrou numa faculdade particular de Direito e tenta sobreviver no mercado abocanhando as causas que puder abocanhar. É de perdoar o MT se for essa a intenção.

De qualquer forma, o que querem com o Lula não é só impedí-lo de voltar a ser chefe de estado, mas, também, tirar as guardas do trabalhador, manchando a imagem da ala esquerda da política brasileira, que é a que cuida dos interesses do povo. Fica esperto, caso você seja trabalhador e não um boyzinho come-quieto revoltadinho do MBL, por exemplo, antes de aderir ao golpe que você vê pela Globo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: