A fome na Venezuela é negra, oleosa e bate é na barriga de gringo de cartola

petroleovenezuelano

Na minha opinião, os Estados Unidos são o país mais ladrão e corrupto do mundo e o Brasil, pelo menos esse do Governo Bolsonaro, o mais trouxa. E não poupo aquele brasileiro que não se preocupa em se informar e por isso vira presa fácil desse sistema em que vive, acreditando no que lhe fazem parecer ser a verdade dos fatos e tomando parte na história dando seu apoio cego, de gente ignorante.

Os Estados Unidos são ladrões porque querem se apropriar de tudo o que pertence aos outros. A bola da vez é o petróleo da Venezuela. O Tio Sam tá inseguro quanto ao que é de direito exclusivo dos venezuelanos ser explorado por um povo comandado por um chefe de estado que saca muito sobre a fragilidade que é o capitalismo e a importância que tem os donos do petróleo no mundo na distribuição de cartas.

Infiltraram moleques no meio do povo venezuelano e colocaram para aparecer na frente das câmeras – exatamente de quem? Dos imperialistas – da imprensa golpista mundial para fazer parecer que há gente passando fome na Venezuela, precisando de remédio, de outros donativos. Que há gente insatisfeita com o governo de Nicolas Maduro e quer que as outras nações ajudem a depô-lo. Tudo simulação. Coisa de forças-tarefas da CIA, que tanta história de corrupção de pessoas rendeu à geopolítica.

Tem gente passando fome pertinho do Tio Sam: os haitianos. Por que essa gentileza deles em acabar com os problemas socioeconômicos dos venezuelanos não se reverte para o Haiti? Ah, porque lá não tem petróleo pra se assaltar, né mesmo?

Se o desgraçado e ladrão do Trump é tão misericordioso realizando campanhas solidárias para tomar a Venezuela pé-ante-pé, por que então ele quer murar o México para evitar que famintos entrem em seu país? Conta outra babaca, pra quem tem inteligência!

E o fantoche, capacho de gringos, Governo Bolsonaro? O Brasil com tantos problemas, incluindo o de fome da própria população, e o pau-mandado do presidente eleito sob financiamento e manobra do Tio Sam, na minha opinião básica, para ajudar os EUA a convencer o mundo de que a Venezuela precisa de ajuda vem com onda de querer enviar para os vizinhos do norte remessas de donativos, entre eles comida – podre por sinal – e remédios.

Ora, se a Venezuela estivesse mesmo tão carente de medicamentos, gente competente como os médicos cubanos já estariam lá. Sem participar de qualquer golpe pra viabilizar a apropriação indevida que querem fazer no país também hispânico.

E esse negócio de conflito na fronteira? Será que a gente nunca viu esse truque, essa operação de falsa bandeira que é colocar gente pra simular conflito e obrigar a população mundial a exigir intervenção no local onde os donos querem mais é que os invasores, incluindo os denominados rebeldes, sumam de seu território e os deixem em paz?

Não foi essa mesma manobra de opinião pública que aconteceu na Colômbia em 1964? Quando preocupado com o avanço do socialismo proporcionado pelas FARC nesse país os Estados Unidos introduziu grupos para provocar brigas entre os ruralistas colombianos e os socialistas, ocasionando uma guerra civil que se tornou a maior da América do Sul. Depois que o povo ficou brigando entre si, o Tio Sam, novamente pé-ante-pé, saiu de fininho e ficou só esperando a carnificina para ir lá buscar o que queria sem ter que enfrentar oposição ou mal julgamento de todo o estrangeiro.

Tá na hora de ficar mais esperto. Quem tem dificuldade em enxergar essa verdade, está com a opinião moldada e quer um basta nessas notícias, deveria pelo menos pressionar para que o governo brasileiro se atenha aos problemas do Brasil. Governar para os Estados Unidos, pra que tiraram o Temer? Não votaram por mudanças?

E esse governo incompetente também tem que tomar safanão do seu agora arrependido eleitor – como estou dando risadas desse arrependimento no Facebook -, exigindo que ele aprenda a apresentar proposta que interesse a população e aja como adulto, deixando de tratar como criança o povo pra ver aprovado, na base de golpe, tudo o que quer aprovar – em benefício dos filhos de uma pauuuuta dos Estados Unidos. Chega de fakenew, presidente. Já deu com o que propagaram para iludir os bobos que o elegeu.

E essa imprensa golpista, essa Rede Globo… ah, disso não é preciso mais comentar. O estrume do âncora número um do JN acha que a gente não vê o compromisso do telejornal fracassado em viabilizar a crença nessa historieta produzida para bobo dar moral, que é a tal situação caótica da Venezuela.

De pensar que o Brasil poderia estar no lugar que a Venezuela toma nas manchetes dos jornais do mundo hoje. Só não está porque por aqui o povo não tem a consciência política que tem o venezuelano e sucumbiu ao golpe yankee de lançar uma candidatura que representasse os interesses norte-americanos e colocá-la pseudodemocraticamente na presidência da república no lugar do Lula, que até conseguiram colocar em uma prisão para que os planos não fossem estragados.

Na Venezuela, o mesmo golpe não deu certo. Financiaram o fantoche do Juan Guaidó, mas, lá eles não conseguiram colocar Maduro na prisão. Por isso o golpe dado no brasileiro não funcionou contra o venezuelano. Como o Tio Sam não sabe perder, estamos vendo o circo que armaram cheio de números de palhaços para depor Nícolas Maduro. O mesmo circo que armaram para prender e manter preso o Lula.

A propósito: Lula livre dificulta bastante os objetivos do Tio Sam não só na Venezuela, mas, também em toda a América Latina. E o nobel do homem vem aí. Podes crer!

“Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.”
Che Guevara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: