A magia que enriqueceu Tony

CapaMAgia

Foi lançado hoje, 26 de agosto de 2019, o quarto livro do escritor A.A.Vítor, “A magia que enriqueceu Tony“. O livro reúne em um conto de ficção os assuntos empreendedorismo, economia, comércio, investimentos, política, governo, psicologia, relacionamentos interpessoais, religião, esoterismo, ocultismo e magia prática. Ou seja: tudo o que as pessoas precisam saber para conduzir de maneira independente suas vidas.

Na ficção, o protagonista Antônio Henrique Vitorino, um cinquentenário, se via bastante insatisfeito com sua realidade e resolveu testar até mesmo o que antes repreendia em nome de sua evolução materialista. E com isso ele envereda em conhecimentos de ordem mística e vai parar em uma sociedade secreta, passa pela iniciação e começa a absorver as informações que necessita para atingir seu objetivo.

Tony consegue atrair um desafio, do qual se vale para atingir a prosperidade, sua e dos seus. Além de enriquecer e se dar bem no campo amoroso, ele se vê cercado de amigos e capaz de estender o tempo e vê-lo passar mais devagar.

Entretanto, o caminho que Tony teve que traçar para vencer o desafio proposto não foi nada fácil. E a trajetória que Tony segue, bem como as estratégias que usa para concorrer no jogo lhe proposto, é que proporcionam ao leitor a absorção de conhecimento mantido em segredo por ocultistas, rosacruzes, maçons, políticos, economistas, grandes empresários e vários outros grupos.

Aproveite esta leitura e porte você também esse conhecimento. O link para compra do livro é o

https://clubedeautores.com.br/livro/a-magia-que-enriqueceu-tony#.XWSCjeNKjIV.

Escolha o que te influencia

Com algumas observações se constata que é verdade que as pessoas com as quais nos relacionamos podem, de alguma maneira, influenciar nossos hábitos e decisões. Por isso é bom procurarmos estar a nos relacionar com pessoas vitoriosas, cultas, que possuem boa conversa, que passam otimismo e motivação para o sucesso, que sejam bem-sucedidas.

Se você é uma pessoa assim, venha para perto de mim e me influencie à vontade.

Agora, não é sempre que podemos contar com gente desses naipes ao nosso redor. Há alguns truques como ir ao encontro delas; frequentar os ambientes que elas frequentam e neles procurar pelo menos estar em pontos onde é possível observá-las.

E quando a impossibilidade disso se fizer, nem tudo está perdido, pois, existem os livros. Criar o hábito de ler e escolher obras de autores consagrados para devorá-las em leitura e se deixar influenciar pelo que elas incitam equivale a estar próximo deles a receber suas influências.

A mídia livro é ampla no quesito influenciar. Você pode deixar se seduzir por um autor ou por uma história, mas, também pode fazer o mesmo com um gênero literário. Se você quer se tornar um ótimo administrador de empresas, então, deixe-se influenciar por livros do gênero. E segue o mesmo para os tantos outros que existem.

As vezes, somos influenciados por personagens que encontramos pelas histórias a fora. Fictícios ou tirados de alguma biografia. Nesse caso, o poder pessoal do autor nem importa. Quanto mais carismática a personagem, mais desenvolvimento pra quem lê.

Adquira o livro “Todo o mundo quer me amar” e se deixe influenciar pelas tantas personagens bem magnéticas que há no romance em forma de crônicas.

Os exilados da Capela

image

Vamos falar de um livro que é mencionado no livro “Os meninos da Rua Albatroz”, em um capítulo em que um frei franciscano, militante da Esquerda Católica e da Resistência Ecumênica, faz em Recife, Pernambuco, uma palestra clandestina que põe, através de revelações assombrosas, em xeque o cristianismo. A obra mencionada é “Os exilados da Capela”.

Na Constelação de Órion, da estrela de Capela, havia um planeta habitado por seres espirituais muito evoluídos tecnologicamente. Desse planeta, uma turma de rebeldes foi banida por não se encontrar em estágio de evolução compatível com a maioria. Precisava ela de encontrar um lugar onde pudesse formar meios de se evoluír para voltar ao planeta natal e por lá ficar junto aos seus.

Vagaram os seres pelas galaxias, até que, enfim, encontraram um local onde pudessem abrigar: a Terra. Na Terra eles encontraram seres em estágio evolutivo rudimentar: os hominídeos. Os invasores usaram o seu conhecimento para transformar esses hominídeos em seres racionais e civilizados. No corpo dos quais eles poderiam encarnar para viver na atmosfera e plano terrestres.

E assim foram constituídas as civilizações. O ser humano, então, descenderia desses seres espirituais e toda a história antiga e atual teria a mão dos exilados de Capela.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1951 e foi escrito por um brasileiro, de Guaratinguetá, Edgar Armond. Armond foi um espírita,criador da Federação Espírita de São Paulo, maçom e seguidor do também maçon Allan Kardec, fundador da doutrina espírita.

Vale muito ler essa obra, não somente para introduzir-se no interior das teorias espíritas, mas também para conhecer uma forma interessante de pensamento sobre a evolução do homem, que vai do surgimento aos dias atuais,  bem como ter uma percepção diferente da aventura humana na Terra. Muito mais ampla do que a contada na Bíblia, sem deixar de lado a possibilidade de ter havido Adão e a sua pequena Eva, anjos caídos e o mito da serpente.

Saiba mais é baixe o livro:
http://clickbaixaki.blogspot.com.br/2010/09/ebook-os-exilados-da-capela.html?m=1