Batalha mística contra o Coronavírus

CombateMistico

Esta é uma publicação em caráter especial porque conforme o site Eu sem fronteira,  encontrada também a informação no site Eventbrite, acontece hoje, 04 de abril de 2020, exatamente às 22:45h no Brasil, um stargate celestial – abertura de portal nos céus – pela reunião dos planetas Júpiter e Plutão. Ou seja, uma configuração de astros no céu que daria a condição ideal para que emissões de pensamentos uniformizados humanos possam refletir na realidade de todos por força de intervenção astrológica.

Aquilo que for reivindicado por corações e mentes em conjunto se concretizará. E o plano é que seja o fim do Coronavírus, a libertação da humanidade do sistema financeiro mundial e a conscientização e respectivo combate aos efeitos nocivos que a radiação emitida pela tecnologia 5G causaria à todos nós.

Utilizar forças ocultas com o propósito de deter agentes causadores de males sociais não é novidade. O caso mais famoso é o da ocultista Dion Fortune no advento da Batalha Psíquica da Grã-Bretanha, quando a autora dos livros “A cabala mística” e “Ataques e defesas psíquicas” teria reunido e treinado pessoas em sua fraternidade – Fraternidade da luz interior – para combater as atrocidades que as tropas de Hitler embrenhavam contra o Reino Unido.

Por meio de meditação, orações e visualizações em conjunto “os membros da Fraternidade acreditavam poder desviar bombas, desarmar detonadores, causar problemas mecânicos em aviões, modificar o clima, criando tempestades e nevoeiros, e influenciar os pilotos e artilheiros para que errassem os alvos pretendidos” e com isso várias das investidas de Hitler contra os britânicos teriam falhado.

A falha mais cabulosa, sendo coincidência ou não, teria ocorrido quando os aviões da Lufftewaffe sobrevoavam Londres e os fraternos se puseram em círculo de mãos dadas e canalizaram energias para produzir efeitos mágicos, no caso uma muralha em forma de nevoeiro  para impedir que os navios nazistas realizassem o desembarque em praias inglesas previsto em uma consulta astrológica.

Conforme os que reportam essa história, a tarefa teria sido  bem sucedida, pois, a semana em que a mesma teria acontecido, 21 de abril de 1940, foi de enorme nevoeiro, que impediu a visualização do litoral e com isso nenhum desembarque aconteceu nesse dia ou em qualquer outro e a Alemanha teve que desistir do plano.

Sobre Dion Fortune e seus livros, sobretudo “A cabala mística”, e a defesa psíquica realizada contra o exército Nasi, há uma análise no livro “A magia que enriqueceu Tony” seguida de descrição dos experimentos praticados por Dion e seus discípulos, que são de grande valia conhecê-la. Adquira o livro!

Dion e Aleister
Dion Fortune e Aleister Crowley (com seu famoso mudra de defesa psíquica)

Dion Fortune foi contemporânea e colega da ordem Golden Dawn do mago Aleister Crowley, que também combateu na Segunda-Guerra usando seu conhecimento esotérico. É dele o “V da vitória”, o mudra que desenvolveu para Winston Churchill com o propósito de combater a saudação nazista.

Bem, para logo mais eu sugiro que a meditação que aquele que decidir se juntar ao conluío contra o Coronavírus pratique siga, após uma acomodação obtida por meio de exercícios respiratórios, ioga e relaxamento, a mentalização abaixo, que tem como inspiração a Cabalá.

arvoredavida

A minha mente objetiva observa a realidade em que está inserida.
A humanidade sofre com o ataque de um microorganismo.
O ser humano é a criação mais perfeita do Criador.
As realidades do ser humano têm que ser agradáveis ao Criador, pois, vivemos para ele, manifestamos com o nosso entendimento aquilo que no imanifesto ele arquiteta.
Tudo é criado para nós contemplarmos. Não podemos faltar com o compromisso de nos dar total tranquilidade quanto a tudo que for menos importante para o Criador, a fim de atendê-lo.

Não há porquê um ser minúsculo, inferior, ao qual não foi dado o dom de entender realidade alguma, que tudo que faz o faz automaticamente, inconsciente, macular os propósitos do Criador.
Não há porquê não sermos imunes aos seus ataques se somos superiores. E tudo é criado para lidarmos, vencer batalhas e regozijar em nome do Senhor.
Nosso subconsciente sabe como nos proteger de sermos imolados e sabe como aniquilar os males que o micróbio venha causar se já no interior do nosso corpo está.
Não há porquê ainda não haver cura. Fiquemos tranquilos e confiemos no inconsciente, nosso espírito.

Subo pela Árvore da Vida até a região onde está o Absoluto.
Miro a luz inicial, que é Kether, e me curvo diante do Altíssimo.
Totalmente sem julgamento e pura a minha mente, ao Criador entrego a minha súplica.
Peço, junto à outras mentes como a minha, que nos honre com o poder de destruir esse microorganismo que ousa querer varrer da face da Terra a principal obra do Imanifesto: o ser humano. Eu.

A observação e o entendimento de toda a existência, na sua mais ampla compreensão, continuará imperando neste mundo através dos humanos. Através de mim.
E esta observação enxerga a partir deste momento pessoas felizes por encontrarem cura e cientistas felizes por criarem remédios e vacinas contra esse e qualquer outro mal.
E eu me vejo em perfeita saúde.

Como irmãos viveremos após aprender uma grande lição com essa ameaça, que é não deixar de praticar a solidariedade e jamais deixar de se dedicar à espiritualidade e ao amor entre os homens, pelos animais, pelos vegetais, pelo planeta, pela vida.

Assim seja; assim é; assim sempre foi e sempre será.
Obrigado, nosso Deus, nós te amamos!