À espera de alguém chegar

Eu via a vida se passando
à espera de alguém chegar.
Um belo dia veio Sandra
a minha vida transformar.
 
Um novo Sol eu vi brilhar.
Um novo tempo pra sonhar.
Vi que a sua porta se abrirá.
E ao teu convite eu me vi entrar.
 
Seus olhos negros feito a noite.
Tem um jeito incrível no olhar.
Seu riso tímido contagia.
Faz qualquer coisa se alegrar.
 
Vi um grande amor se aproximar.
Meu coração ferido eu vi se curar.
E o seu nome:
SANDRA,
para sempre eu me vi chamar.
 
Publicado pela primeira vez no Recanto das Letras em 2013.

Este poema foi publicado no livro “Todo o mundo quer me amar” junto com as demais postagens do blog do autor “Hoje o tempo voa, amor” e textos inéditos.
O livro narra a busca de um homem pelo desenvolvimento empreendedorista, que acaba lhe tornando empreendedor também no campo amoroso, o que o faz viver romances maravilhosos com todo tipo de mulher. Adquira e se encante com cada crônica que o livro oferece.

Sandra

Eu via a vida se passando
À espera de alguém chegar
Um belo dia veio Sandra
A minha vida transformar

Um novo sol eu vi brilhar
Um novo tempo pra sonhar
Vi que a sua porta se abrirá
E ao teu convite eu me vi entrar

Seus olhos negros feito a noite
Tem um jeito incrível no olhar
Seu riso tímido contagia
E faz qualquer coisa se alegrar

Vi um grande amor se aproximar
Meu coração ferido eu vi se curar
E o seu nome, SANDRA
Para sempre eu me vi chamar

(Sandra. A. A. Vítor. Letra de canção escrita em 2012. Publicada pela primeira vez em 2013 no Recanto das Letras)