Turma do Dedinho

Ainda capítulo 2 do livro “Os meninos da Rua Albatroz”, o garoto Tôim revisita o projeto do Governo Militar Brasileiro destinado à cooptação do interesse da população para o Esporte. A intenção do Governo era formar uma população sadia por causa dos exercícios físicos e melhorar, com isso, os resultados brasileiros nas competições internacionais, como as Olimpíadas por exemplo. O projeto era uma revista em quadrinhos, como objeto principal de marketing, chamada “Turma do Dedinho”, que tinha o compromisso de levar informações de vários esportes para a criançada e criar adesão a eles. Junto com o programa foi criada nas escolas a disciplina Educação Física, que se tornou obrigatória. O projeto impresso recebeu um investimento jamais visto em termos de campanha publicitária no Brasil até então. A revista era distribuída gratuitamente nas escolas. A pesquisa para compor as informações registradas no livro contou com uma tese de mestrado informando sobre a campanha do Governo Militar.

Saiba mais sobre a revista: Museu dos Gibis: Dedinho

turmadodedinho

Paladino do Oeste – Editora Ebal

Outra preocupação do garoto Tôim que é narrada no capítulo 2 do livro “Os meninos da Rua Albatroz” é deixar para trás a banca de jornais que havia aparecido no bairro em frente a única padaria que se situava na região. Na banca os garotos compravam, quando podiam, as figurinhas dos álbuns de figurinhas que colecionavam e também algumas revistas em quadrinhos, entre elas as de faroeste que a editora Ebal lançava todo mês, mais particularmente a do herói “Paladino do Oeste”, cujas aventuras se podia ver na televisão em versão seriado (Clique para ler matéria a respeito!), porém, por não haver luz elétrica, na casa dos Vítor não se podia acompanhar os episódios e por isso se recorria à versão de banda desenhada.

paladino

Visite o site dedicado à Ebal, onde é possível baixar quadrinos completos: http://guiaebal.com/aimocinho7.html

Veja um episódio completo do seriado, com dublagem original em português.