O bom e abençoado “Foda-se”

Ponha-se na seguinte situação: você, por estar privilegiadamente informado ou por ser dotado de capacidade sensitiva, se torna sabedor de uma estratégia do Governo que visa levar a população que é preciso que se adira o pacote governamental que diz que para  o país modernizar e vencer a crise, principalmente de desemprego, é preciso aceitar perder certos benefícios sociais que limitam economicamente as empresas por causa do dever de pagá=los. Esse  benefício maculado seria o Bolsa Família.

E, então, a massa, com muita força através da mídia televisiva, adere o que é covardemente proposto e passa a reivindicar o fim do beneficio. Nisso, como estava previsto, os conservadores, que articularam para fazer com que a massa vote a favor da perda do provento social, começa a pressionar a própria por ter ela necessidade de ter o benefício e ter abrido, de graça, a mão dele.

Como diz o outro “Agora é tarde”. Não dá mais para mover-se contra a enganação que se foi vítima, praticada por um PSDB ou um DEM ou um PP da vida, na minha opinião. Não há mais o que fazer? Claro que há! Boicote. Passe a boicotar o seu consumo, diga “Foda-se, eu não preciso veementemente disso“. E aí você se sobressai, pois, o seu boicote e, se rolar, dos demais que você influencia, vai acionar o botão vermelho das arrecadações das empresas usurpadoras aliadas do Governo e com isso elas terão que respeitar consumidor e trabalhador.

Tudo depende de alguém que liga o “foda-se” e assim se vê o sistema respeitar o próximo em vez de só explorá-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: